Dicas Úteis

Quer viajar com tranquilidade e aproveitar da melhor maneira todos os momentos do seu passeio? Então leia as dicas que lhe preparámos. São sugestões que podem fazer a diferença, para todos os tipos de viagens nacionais e internacionais.

De salientar que contará sempre com o apoio dos nossos operadores locais e que um planeamento cuidado e atempado pode fazer toda a diferença no sucesso da viagem.

As nossas dicas vão desde as medidas mais simples, como o momento de fazer a reserva do seu programa e tirar o passaporte, como proceder no caso dos países que exigem o visto de entrada, etc. Saiba também se é melhor levar dinheiro, cartão de crédito ou cheques de viagem (traveller checks). Ou como ficar atento aos hábitos culturais de cada povo – religião, alimentação e outros costumes – e evitar gafes e constrangimentos. Até mesmo no caso da gorjeta é importante saber quanto e quando dar. São pequenos detalhes que, certamente, no final o deixarão ainda mais feliz com a sua viagem.

OS 10 MANDAMENTOS DO VIAJANTE

1. Não esperarás encontrar as coisas como se estivesses em casa, pois deixas a tua casa para encontrar coisas diferentes.

2. Não te acharás superior aos nativos que encontras pois eles, podendo ser financeiramente mais pobres do que tu, têm muita riqueza para te transmitir. Aprende a reconhecê-la e regressarás mais rico.

3. Ousarás sempre experimentar o que não conheces pois as melhores memórias de viagem que trarás são as dessas empolgantes peripécias.

4. Não esquecerás de levar metade das coisas que pensas necessitar e o dobro do dinheiro.

5. Não esquecerás em qualquer momento onde está o teu passaporte por que um viajante sem passaporte é uma pessoa sem país.

6. Não encararás com demasiada seriedade aquilo que te causa estranheza por que um espírito liberto e tolerante é o ponto de partida para umas boas férias.

7. Não te deixarás enervar pelos outros viajantes por que o teu único propósito é o de pagares bom dinheiro para teres umas boas férias. Lembra-te sempre que poucas coisas são fatais.

8. Não julgarás as pessoas dos outros países pela pessoa que uma vez te quis mal.

9. Não te darás muito o aspecto de turista - quando em Roma procura parecer como os romanos e assim evitarás dissabores.

10. Não esquecerás de te aplicar com arte durante a tua visita por que aquele que trata o seu anfitrião com respeito e cortesia será sempre recebido como um hóspede bem vindo.

Passaporte

O passaporte é o documento internacional de identificação de qualquer pessoa. Além dos seus dados pessoais, consta o carimbo e o visto com a autorização da sua entrada, trânsito ou permanência em outros países – se for uma exigência do lugar. Portanto, se vai para o estrangeiro, deve tratar do seu passaporte com a máxima antecedência possível – pelo menos um mês antes. Se já o possui, verifique o prazo de validade, de modo a não correr o risco de expirar no decorrer da viagem – determinados países só concedem visto se a validade se estender por, pelo menos, seis meses após o início da viagem.

Gerais

•     Identifique as suas bagagens – na parte interna e na externa – com o seu nome, endereço, telefone. Para encontrar mais facilmente a sua mala na passadeira do aeroporto, coloque sinais externos como uma fita, um risco de tinta etc.

•    Os agentes de viagem também aconselham a que se façam duas cópias de todos os documentos antes da partida. Leve uma consigo e deixe a outra com alguém de contacto no país de origem. Pode funcionar como segurança no caso de roubo ou perda.

•    Procure informar-se sobre as condições climáticas do seu destino – diurnas e nocturnas – e previna-se contra o frio ou calor em excesso.

•    Antes da partida, informe-se sobre a voltagem elétrica do país de destino, uma vez que pode precisar de adaptadores para carregar os seus equipamentos eléctricos.

Antes da Viagem

Antes da viagem, preste atenção a alguns detalhes que farão a diferença durante o seu passeio. Em primeiro lugar, certifique-se de que escolheu o programa turístico que mais o agradou. Antes de fechar a compra, obtenha o máximo de informações possíveis com o seu agente de viagem – peça-lhe, inclusive, folhetos explicativos sobre cada roteiro. Não tenha vergonha de fazer isso. Ele sempre o atenderá com o máximo de gentileza e paciência.

Nunca deixe a mala para fazer nas últimas horas. Procure fazê-lo com, pelo menos, 24 horas antes do embarque. De preferência, coloque as suas coisas na bagagem aos poucos ou faça uma lista do que acha que vai precisar. Mas não exagere!

Ao receber a documentação de viagem, confirme todos os dados – nome, data, número dos vôos e horários e, em especial, qual é o aeroporto em que vai desembarcar porque muitas das grandes cidades possuem mais de um – Paris, Londres etc. As companhias aéreas recomendam que se chegue ao aeroporto no mínimo duas horas antes do embarque no caso de viagens internacionais. Afinal, você não vai viajar sozinho no avião e o check-in não costuma ser muito rápido – quanto mais próximo do embarque, mas a fila cresce.

O costume, ou não, de gratificar os diferentes prestadores de serviços, depende de país para país. Informe-se sobre esta prática no país de destino e leve à partida algum dinheiro trocado para estas situações.

Lembre-se que em muitos lugares religiosos não está permitida a entrada com o corpo a descoberto, pelo que o uso de calções ou de roupa sem manga é impeditivo de realizar a visita.